• Art

    Declaração artística

     

    Uso a arte como forma de expressão, comunicação e reflexão da minha ligação com o mundo. Procuro, através de uma linguagem universal e sintética, cristalizar uma realidade ou experiência complexa, que corresponde a uma ideia, pensamento ou insight, recorrendo a símbolos e formas simplificadas expressas geometricamente, tal como é toda a criação da natureza.

     

    Acredito que ao ser contemplada a composição, forma e cor, manifesta em nós um pensamento ou uma mudança de significado ou de perspetiva, e leva-nos a um novo estado de consciência, seja ele consciente ou inconsciente.

     

    Assim, as minhas obras são fruto de uma necessidade de manifestação espiritual que visa a expansão da consciência, abrindo novos caminhos de exploração semântica da forma para comunicar com a alma ou com as almas.

     

    A minha mistura de conhecimentos influencia claramente a escolha das técnicas e dos suportes que apresento. Uso técnicas digitais e industriais contemporâneas, que refletem também a sociedade e a suas características socioeconómicas e tecnológicas.

     

    Propondo obras para contemplar, sentir e meditar.

    Ação direta I

    Escultura: Acrílico sobre MDF e madeira 

    Num estado ideológico o homem está preocupado com a ideia, evitando a ação direta do coração e limitando a criatividade e a transformação.

     

     

    2017

    Fragmentos I

    Escultura: Acrílico sobre MDF e madeira

    37 cm x 55 cm x 2,1 cm

    Estando vigilante é possível ter consciência da própria limitação ego, ser livre das suas limitações é ver a verdade.

     

    2017

    Ação sem contradição

    Escultura / Técnica mista: Acrílico sobre MDF e madeira

    A consciência elimina o conito e gera a energia

    necessária para criar ação não baseada na

    contradição.

     

     

    2017

    A real experiência de olhar I

    Técnica mista: Acrílico sobre Impressão em tela | 70cm x 70 cm

    O pensamento gera em nós um constante impulso para o prazer, que traz em si a dor e o sofrimento a dúvida a insegurança a raiva o ciúme e a inveja. O pensamento é sempre algo velho, que impede a real experiência de olhar e para o afastarmos é necessário estar totalmente presente no momento, que é o “agora”.

     

    Ação transformadora

    Técnica mista: Acrílico sobre chapa térmica de alumínio | 80cm x 60 cm

    Não pode haver transformação com ação baseada em ideias, pois a ideia ganha mais importância, limitando a energia criativa.

    Aproximação ao Ser

    Técnica mista: Acrílico sobre chapa térmica de aluminio | 51cm x 74 cm

    Ver verdadeiramente
    É ver sem ilusão
    Sem distorção
    É a desconstrução
    do que tem sido
    A aproximação ao que é
    Ser de verdade

    A Última Ceia

    Madeira e MDF lacado | 120 x 42 cm

     

    Estudo da forma, exploração da atitude sobre o significado de um momento marcante, a última

    ceia de Jesus. Recomposição através da redução formal, assente em referências da arquitetura

    religiosa Portuguesa. Explora a azulejaria e a talha, intimamente ligadas à decoração interna das

    igrejas e catedrais, para suportar um mensagem e agarrar uma identidade. A praxis e a poésis

    estão subjacentes e apresentam uma cumplicidade dando o mote para que a consciência de

    cada observador (re)construa a história.

    2016

    Ser Consciente V

    Impressão em tela | 40cm x 40 cm

    Coleção "SER CONSCIENTE" 2016

    Ser, sem fugir da sombra

    Técnica mista: Pintura sobre Impressão em tela | 70cm x 50 cm

    Na busca constante do prazer a mente encontrará inevitavelmente a sua sombra, a dor. Os dois, prazer e sombra, não podem ser separados, não podemos fugir à nossa sombra e ter em nós a luz do sol, assim nasce o conflito.

     

    Texto:

    Acácio Viegas

    Ser criador

    Técnica mista: Pintura sobre Impressão em tela | 150 cm x 80 cm

    Criar é uma coisa superior à nossa capacidade de expressão, é uma manifestação da actividade criadora, livre da servidão do conceito de prosperar, da ansiedade e da ambição que isso traz em si. No entanto prosperar significa ser deste mundo e assim surge o conflito.

     

    Texto:

    Acácio Viegas

    Organização sem palavras

    Técnica mista: Pintura sobre Impressão em tela | 150 cm x 80 cm

    Tudo está do seu perfeito lugar, tudo está organizado, tudo é como deve ser, o nosso sucesso, prosperidade, família, espiritualidade, trabalho, amigos, criatividade, relacionamentos, são como tem que ser.
    A Energia Yang transmite a força, agressividade, luta, confronto, controle, domínio, vontade pessoal, satisfação e a ambição, querendo gritar e dizer que tu não és separado do mundo, e que tu és responsável por contribuir para uma consciência comum, tu tens de evoluir e fazer evoluir.

     

    Texto:

    Acácio Viegas

    Tensão do inconsciente

    Técnica mista: Pintura sobre Impressão em tela | 100 cm x 70 cm

    Pode a mente libertar-se da ocupação e deixar a memória passar sem julgamento? No momento em que a mente está ocupada com o passado gera-se tensão no inconsciente, impedindo-nos de ver a realidade, de ver uma verdade não contaminada.

     

    Texto:

    Acácio Viegas

    A Alegre liberdade do Ser I

    Técnica mista: Pintura sobre Impressão em tela | 70 cm x 50 cm

    Libertar-se de algo será liberdade? Ficar livre desta ou daquela pessoa, deste ou daquele objeto, deste ou daquele espaço, da inveja, da ira, da ganância é liberdade? Ou será uma armadilha da mente? Há uma libertação do sofrimento ou uma reação que esconde o sofrimento, que esconde a alegre liberdade do Ser.

     

    Texto:

    Acácio Viegas

    A Alegre liberdade do Ser II

    Técnica mista: Pintura sobre Impressão em tela | 70 cm x 50 cm

    Libertar-se de algo será liberdade? Ficar livre desta ou daquela pessoa, deste ou daquele objeto, deste ou daquele espaço, da inveja, da ira, da ganância é liberdade? Ou será uma armadilha da mente? Há uma libertação do sofrimento ou uma reação que esconde o sofrimento, que esconde a alegre liberdade do Ser.

     

    Texto:

    Acácio Viegas

    Ser consciente III

    Técnica mista: Pintura sobre Impressão em tela | 70cm x 50 cm

    Conflito dos opostos

    Técnica mista: Pintura sobre Impressão em tela | 70cm x 70 cm

    No silêncio existe um estado isento de conflito. No silêncio a energia flui sem nenhum atrito.

     

    Texto:

    Acácio Viegas

    Condicionados

    Técnica mista: Pintura sobre Impressão em tela | 70cm x 50 cm

    No momento em que a mente está ocupada com o passado gera-se tensão no inconsciente, impedindo-nos de ver a realidade, de ver uma verdade não contaminada que condiciona o momento presente.

     

    Texto:

    Acácio Viegas

    Apenas Ser

    Técnica mista: Pintura sobre Impressão em tela | 70cm x 70 cm

    Da mãe terra a nutrição
    Do coração a fertilidade
    Sementes que dão luz em todas as direções
    Rituais, cerimónias informais
    Sons silenciosos
    Onde o solista é um grupo

    As terras preenchidas como o deserto
    O mestre não se vê, mas sente-se
    Não é um, mas é Uno

    A água move-se
    Numa quietude estonteante
    Uma vibração gravítica, que flutua
    Que unifica espírito e matéria

    O amor não finda nem começa
    É simplesmente
    Sendo Terra sou o Céu
    Sendo Pai sou Filho
    Sendo Yang sou Yin
    Apenas Sou, Divino!

     

    Texto:

    Acácio Viegas

    Ser consciente I

    Técnica mista: Pintura sobre Impressão em tela | 70cm x 70 cm

    A consciência de um é a consciência de todos, podemos querer pensar que temos uma consciência separada do resto, totalmente independente, mas à medida que mergulhamos no nosso Ser deixamos de nos ver de forma isolada e passamos a sentir que somos o resto da humanidade.

     

    Texto:

    Acácio Viegas

    Ser consciente II

    Técnica mista: Pintura sobre Impressão em tela | 70 cm x 70 cm

    A mente não é individual, é uma criação da consciência coletiva. Se quisermos provocar uma mudança é preciso despertar o nosso Ser consciente e, a partir dessa força de energia global, mudar o destino do mundo. Mudo e o mundo muda comigo.

     

    Texto:

    Acácio Viegas

    Ser

    Técnica mista: Pintura sobre Impressão em tela | 80cm x 80 cm

    Ser leva a um estado verdadeiro dentro e fora de nós mesmos. Liberta a liberdade da autenticidade de apenas Ser.

     

    Texto:

    Luís Baião

     

    Coleção "SER" 2015

    Tudo o que somos conta

    Técnica mista: Pintura sobre Impressão em tela | 80cm x 80 cm

    Fazer, comer, agir, Ser... Tudo o que fazemos conta, tudo o que comemos conta, tudo o que somos conta.

     

    Texto:

    Geninha Horta Varatojo

     

    Coleção "SER" 2015

    Alegre liberdade de Ser Eu

    Técnica mista: Pintura sobre Impressão em tela | 80cm x 80 cm

    Aprendo a esvaziar-me de emoções vãs...estranho este vazio deixado por anos da sua presença intensa e constante.
    Desfruto de uma energia mais serena, pura: alegre liberdade de ser eu.

     

    Texto:

    Vânia Magalhães

     

    Coleção "SER" 2015

    O Ser que me abraça

    Técnica mista: Pintura sobre Impressão em tela | 80cm x 80 cm

    Sou imperfeita na minha humanidade
    E só quando reconheço e aceito esta condição
    É que posso Ver e sentir a minha Divindade.
    É neste espaço, onde me observo
    Que reside a minha consciência
    E é ali onde a magia da vida acontece
    Um lugar onde o Humano que estou se une com o Deus que Sou
    E deste abraço revela-se o Ser Uno, a experienciar-se em todo o seu esplendor.
    Amo-me nesta consciência, sou cúmplice de mim...
    E um sorriso desenha-se na minha face
    Finalmente encontrei-me

     

    Texto:

    Silvana Ferreira

     

    Coleção "SER" 2015

    O verdadeiro encanto de Ser

    Técnica mista: Pintura sobre Impressão em tela | 80cm x 80 cm

    Pára de te iludires com quem acreditas que és ou de te enganares com quem gostarias de ser. Sê antes quem sentes ser para poderes ser quem realmente és, porque se não fores quem és, nunca serás mais do que quem julgas ser. E quem julga ser, nunca deixará de se julgar ser quando na verdade não o é nem nunca o será. Por isso, sê apenas e
    unicamente quem és para poderes sentir o verdadeiro encanto de ser.

     

    Texto:

    José Micard Teixeira

     

    Coleção "SER" 2015

    Quem és de verdade?

    Técnica mista: Pintura sobre Impressão em tela | 80cm x 80 cm

    Corpo onde se tatuam emoções.
    Corpo onde crenças se amordaçam em sinais.
    Superfície de contacto onde a Consciência se quer expressar...
    Faz silêncio...
    Escuta...
    Observa...
    Mergulha...
    Descobre
    Quem És de verdade?
    Consciência infinita que não adoece...
    O Corpo?
    Esse perde-se nas avenidas do sentir e do pensar porque carece de escuta.
    Silêncio...
    Presença...
    Infifinitude Oceânica..
    Esse adubo que faz com que a seiva que És se transforme em Ser.

     

    Texto:

    Maria Garcez

     

    Coleção "SER" 2015

    O prazer de Ser

    Técnica mista: Pintura sobre Impressão em tela | 80cm x 80 cm

    A Verdade anuncia-se, não se impõe. A Pureza existe, não se cria. A Perfeição conquista-se, não se exige.
    A Verdade é única e é una. Mais cedo ou mais tarde, todos os que a anunciam, nas suas diversas vertentes, confiuirão
    até ela. Os caminhos unificar-se-ão no Caminho, não por ser obrigatório, mas pelo prazer de ser inteiro.
    A Pureza poderá não estar na moda, mas estará sempre para além da moda. Não precisa de ser criada, porque existe por si, em plenitude e em cada um de nós. Nos pensamentos, nas palavras, nos atos, logo que a queiramos, de facto, assumir.
    A Perfeição parece ser um ideal, mas também parece poder praticar-se todos os dias, senão na totalidade, pelo menos numa aproximação progressiva e talvez mesmo sem retorno. Como escada que se sobe degrau a degrau, mas que não
    mais fará sentido descer-se, representando cada degrau a esforçada conquista de cada um na sua reintegração no
    Todo.
    A Perfeição é consumação ou plenitude. Eventualmente material, mas plenamente espiritual.

     

    Texto:

    Luís Portela

     

    Coleção "SER" 2015

    Nascimento do Ser

    Técnica mista: Pintura sobre Impressão em tela | 80cm x 80 cm

    O SE estava abatido, sentado num banco de jardim contemplava a magia da Natureza. Descrente de todas as teorias e profecias, ali estava sem saber como mudar as suas múltiplas hipóteses. Os Se na nossa vida são sempre fitas adesivas difíceis de soltar do tecido que as adere.
    De olhar no vazio percorria o lugar onde tudo parecia cheio, e de repente alguém disse:
    -Olá! Eu sou a R.
    -Prazer, eu sou o SE. Disse, sem pensar.
    E foi assim que nasceu o SER.
    O Ser nasce sempre que acreditas que a tua vida pode ser mais que os SE.

     

    Texto:

    Natália Rodrigues

     

    Coleção "SER" 2015

    Ser, Só Ser

    Técnica mista: Pintura sobre Impressão em tela | 80cm x 80 cm

    Ser, só ser... É tudo o que temos de fazer e quando somos temos tudo. É a autonomia em movimento, é a expansão dos sentidos e a elevação da alma. É o silêncio da mente, o festim dos corpos e o milagre da vida. Ser, só ser... Somos primeiro
    e só depois faremos e muito depois teremos. Somos a natureza, a extravagância da rebeldia, a luta contra o suposto.
    Somos o amor e a dor, uma revelação e uma afirmação. Ser, só ser... É para ser que vestimos esta pele, que nos armamos
    perante o medo e que nos damos quando olhamos a paixão.
    É para ser que nascemos, que morremos e que passamos. É para ser amamos. Ser, só ser... E que a vida não seja um mar
    de rosas, mas um mar de sensações. E que os outros não sejam um foco de raiva nem rancor, mas um raio de cor. E que nós não sejamos o hábito, mas o expoente máximo da liberdade. Ser, só ser... E só assim seremos a nossa missão, o
    nosso contributo e a nossa própria redenção.

     

    Texto:

    Gustavo santos

     

    Coleção "SER" 2015

    Limito-me a Ser

    Técnica mista: Pintura sobre Impressão em tela | 80cm x 80 cm

    Desejei ser tudo
    Tentei ser normal
    Tentei ser feliz
    Esforcei-me em ser diferente
    Manter o Ser feliz
    Hoje não tento nada
    Tanto faço como não faço
    Limito-me a ser
    E tudo cai no seu lugar

     

    Texto:

    Vasco Daniel

     

    Coleção "SER" 2015

    Ser Consciente IV

    Impressão em tela | 40cm x 40 cm

    Coleção "SER CONSCIENTE" 2016

    A real experiência de olhar II

    Técnica mista: Acrílico sobre Impressão em tela | 70cm x 70 cm

    Penso, sinto o impulso

    O prazer chama-me

    Arrasto o sofrimento

    A dúvida e a dor.

    Invejo, que raiva!

    Velho pensamento

    Que impede

    A real experiencia

    De olhar, agora.

     

    2017

    A consciência do ego I

    Técnica mista: Acrílico sobre Impressão em tela | 70cm x 70 cm

    A consciência da própria limitação do ego é o seu fim, é a liberdade da mente, e assim é possível que o real surja.

     

    2017

    A consciência do ego II

    Técnica mista: Acrílico sobre Impressão em tela | 70cm x 70 cm

    Tornar-se consciente carrega em si a descoberta de coisas como desejos, motivações e angústias que se encontram em níveis profundos da consciência. Estando vigilante, momento a momento, cada reação é um meio de se descobrir a ti mesmo. Enquanto não conheceres a ti mesmo, todas as ilusões que o ego cria vão ganhar força.

     

    2017

    Simplicidade manifestada I

    Técnica mista: Acrílico sobre chapa térmica de alumínio | 80cm x 60 cm

    A simplicidade manifestada exteriormente, materialmente,

    mostrando o que não possuímos, não é a verdadeira simplicidade. A simplicidade surge na medida em que integramos o signicado de autoconhecimento.

     

    2017

    Simplicidade manifestada I

    Técnica mista: Acrílico sobre chapa térmica de alumínio | 80cm x 60 cm

    A simplicidade manifestada exteriormente, materialmente,

    mostrando o que não possuímos, não é a verdadeira simplicidade. A simplicidade surge na medida em que integramos o signicado de autoconhecimento.

     

    2017

    Fragmentos I

    Técnica mista: Acrílico sobre chapa térmica de alumínio | 80cm x 60 cm

    Quando se vê com o coração, é ação total. Quando se vê com a mente é ação fragmentada. Ao olhar entrega não apenas a tua mente mas também o teu coração.

     

    2017

    Limitações I

    Técnica mista: Acrílico sobre chapa térmica de alumínio |

    Todos os problemas surgem deste complexo ser em

    constante expansão que é o “eu”.

     

     

    2017

    Limitações II

    Técnica mista: Acrílico sobre chapa térmica de alumínio |

    Todos os problemas se dissipam à medida que integramos o autoconhecimento, que nos aproximamos

    do Eu.

     

     

    2017

    No comment I

    Técnica mista: Acrílico sobre chapa térmica de alumínio | 40 x 40 cm

    2017

  • Exhibitions

    Exposições

    LETHESART

    LHETESART

    Exposição coletiva

    Museu dos terceiros

    Ponte de Lima - Portugal

     

    01 Julho a 30 de Setembro de 2017

    A real experiência de olhar

    The real experience of the look

    Associação Artística Vimaranense - Guimarães

     

    27 maio e 25 junho de 2017

    Agora! a real experiência de olhar

    Now! The real experience of the look

    Galeria SCMVC - Praça da República // Viana do Castelo

     

    3 a 26 Março de 2017

    Vamos aprender-nos!

    Exposição coletiva

    Fundação Caixa Agrícola do Noroeste - Galeria Noroeste - Viana do castelo

     

    07 e 22 Dezembro de 2016 

     

    Acácio Viegas, Cipriano Oquiniame, Ricardo Campos, Joana Degues, Américo Carneiro, Isa Pincelo, Mário Madeira, Gualberto Boa-Morte, Diana Mota, Arnaldo, Fernanda Vilas Boas, Miguel Neves Oliveira.

    Diálogos no absoluto

    Dialogues in absolute

    Exposição coletiva

    Absoluto Design Hotel - Viana do castelo

     

    5 de Agosto a 5 Setembro 2016

     

    Acácio Viegas, Agostinho Santos, Alexandre Rola, Américo Carneiro, Cipriano Oquiniame, Helena Dias, Joana de Brito Degues, Miguel Neves Oliveira, Nuno Ranha, Ricardo Campos.

     

    Being ware

    SER CONSCIENTE

    Absoluto Design Hotel - Rua da bandeira 174 - Viana do castelo //

     

    11 de Julho a 3 de Agosto 2016

    Being

    SER

    Obras inspiradas em textos de: Silvana Ferreira, Gustavo Santos, Luís Portela, Luís Baião, Vânia Magalhães, José Micard Teixeira, Geninha Horta Varatojo, Natália Rodrigues, Maria Garcez e Vasco Daniel.

     

    Instituto Macrobiótico de Portugal
    Rua Anchieta, 5 - 2º Esq. - 1200-023 Lisboa

     

    12 Dezembro de 2015 a 13 Fevereiro de 2016

    Conscience

    CONSCIÊNCIA

    noc noc - Guimarães

     

    1 e 2 Outubro de 2015

  • Videos exhibitions

    Videos de exposições

    Ser Consciente

    Viana do Castelo 2016

    Ser 

    Lisboa 2015

  • Biography

    Biografia

    Born in 1976, in Viana do Castelo, in the early days of high school he aroused a taste for the arts where he excelled. He attended a professional course in Technical Design and at the age of 17 he was a designer and modeler in one of Viana's most prestigious architectural offices. In 2002 he completed his Bachelor Degree in Engineering and Product Design and in 2002 he graduated in Product Design, both at the Polytechnic Institute of Viana do Castelo. Later, in 2006, he completed his Master's Degree in Industrial Design, at the University of Oporto.

     

    Designer since 1999, he has gone through the most diverse areas, from product design, to graphic design, web design, and retail design. In 1999, he exhibited in the first edition of “Experimentadesign”, Meeting Point, with the object "Quatro L." His portfolio includes internationally recognized works obtained by participating in contests and selected by the media in the areas of graphic and product design.

     

    In 2002, by invitation, he initiates his teaching career at the Polytechnic Institute of Viana do Castelo, as a teaching assistant where he remained for several years, as well as at the Polytechnic Institute of Cávado and Ave, where he taught design and geometric design classes for the curriculum of the Degree in Design and Artistic Ceramics. He was also a coordinator of master's theses and a trainer of several students.

     

    In 2014, in the search for new forms of expression, fruit of an inner need for spiritual manifestation and expansion of consciousness, he finds in the arts the way to extrapolate the functionality of objects and the objectivity of communication imposed by design, opening new paths of semantic exploration of the form to communicate with the soul.

     

    The mixture of knowledge clearly influences the choice of techniques and supports, thus presenting the artist a pragmatic approach to representation. He explores the digital as a form of study, preferring the industrial and contemporary techniques to materialize his ideas and thoughts related to spiritual, cultural and of the essence of life itself manifestations. In his art, he commits to provoke an awakening of consciousness, a change of meaning or perspective.

     

    His first artistic essays are shown to the general public for the first time in the 2015 edition of the Guimarães noc noc, with the exhibit "Consciência" and followed by Lisbon, at the Macrobiotic Institute of Portugal, with the individual exhibit "Ser", with works inspired by original texts of several Portuguese authors.

    Nascido em 1976, em Viana do Castelo, logo no ensino secundário despertou o gosto pela arte onde se destacou. Fez o ensino profissional em Desenho Técnico e aos 17 anos era desenhador e maquetista num dos mais conceituados gabinetes de arquitetura de Viana. Em 2002 concluiu o Bacharelato em Engenharia e Design do Produto e em 2002 a Licenciatura em Design do Produto, ambos no Instituto Politécnico de Viana do Castelo. Mais tarde, em 2006, concluiu o mestrado em Design Industrial, na Universidade do Porto.

     

    Designer desde 1999, tem passado pelas mais diversas áreas, desde o design do produto, design gráfico, web design ao retail design. Em 1999, expõe na primeira edição da Experimentadesign, Meeting Point, com o objeto “Quatro L. Constam do seu portfólio trabalhos reconhecidos internacionalmente, obtidos pela participação em concursos e selecionados por meios de comunicação, nas áreas do design gráfico e de produto.

     

    Em 2002, por convite, ingressa na carreira docente, no Instituto Politécnico de Viana do Castelo, como assistente onde permaneceu por vários anos, passando ainda pelo Instituto Politécnico do Cávado e do Ave, tendo ministrado aulas de projeto de design e desenho geométrico, no âmbito das licenciaturas em Design e Cerâmica Artística. Foi ainda coorientador de teses de mestrado e orientador de estágio de vários alunos.

     

    Em 2014, em busca de novas formas de expressão, fruto de uma necessidade interior de manifestação espiritual e expansão da consciência, encontra na arte a forma de extrapolar a funcionalidade dos objetos e a objetividade da comunicação imposta pelo design, abrindo novos caminhos de exploração semântica da forma para comunicar com a alma.

     

    A mistura de conhecimentos influenciam claramente a escolha das técnicas e dos suportes, apresentando o artista uma abordagem pragmática na representação. Explora o digital como forma de estudo, preferindo as técnicas industriais e contemporâneas para materializar as suas ideias e pensamentos relacionados com manifestações espirituais, culturais e de essência da própria vida. Na sua arte, propõe-se provocar um despertar da consciência, uma mudança de significado ou de perspetiva.

     

    Os seus primeiros ensaios artísticos são mostrados ao grande público, pela primeira vez, na edição de 2015 do Guimarães nos noc, com a exposição “Consciência” e em seguida, em Lisboa, no Instituto Macrobiótico de Portugal, com a exposição individual “Ser”, com obras inspiradas em textos originais de vários autores portugueses.

  • Contact

    Contactos

    Viana do Castelo - Portugal
    +351 962323544